Cronograma Capilar

A importância do cronograma capilar

Olá pessoal! Hoje estou aqui com o meu primeiro post para falar um pouco sobre a importância de se cuidar do cabelo e o porquê de se fazer um cronograma capilar.

Uma coisa que percebo muito é que o sonho de todas as meninas gira em torno de ter um cabelão! Um cabelão não necessariamente implica no fato dele ser longo (apesar de que fato é que a maioria de nós sonha em ter um cabelo de Rapunzel), mas ter um cabelão é ter aquele cabelo lindo, saudável, brilhoso, que faz inveja em qualquer um, independente do tamanho! Sim, todas nós sonhamos em ter um cabelão, mas a pergunta é: o que você faz para ter um cabelão? Assim como quando queremos ter um corpo saudável precisamos comer coisas saudáveis além de praticar exercícios, assim é também com os cabelos. Se você quer um cabelo saudável é necessário que você invista tempo e cuidado. Mas aí vem a pergunta: como devo cuidar do meu cabelo? Como escolher e comprar os produtos para fazer um tratamento adequado?

Primeiro, é necessário falar que existem três tipos de tratamentos capilares disponíveis atualmente, sendo eles: hidratação, nutrição e reconstrução. Mas calma lá, não é porque você viu um pote de creme escrito: “creme de hidratação” que signifique que ele realmente seja de hidratação. Já vi vários cremes que diziam ser para hidratação e na verdade serem para reconstrução, por exemplo. Então não se deixe enganar, primeira coisa que você vai precisar fazer para descobrir a finalidade do creme que você está disposta a comprar é olhar a composição.

Outra coisa importante, é que não adianta você cuidar do seu cabelo uma vez ou outra, e querer resultados. Assim como ir à academia, é necessário constância quando se fala de cuidado com o cabelo. Dessa forma, é recomendado que você siga uma certa periodicidade. Mais importante ainda é não fazer apenas um tipo de tratamento, pois o cabelo necessita igualmente desses três tratamentos. Por isso é tão importante o cronograma capilar. Com ele, você consegue trabalhar entre esses tratamentos disponíveis sem deixar o cabelo ‘viciado’ em apenas um deles.

Tratamento

Então vamos lá, vou falar um pouco sobre o objetivo de cada um desses tratamentos e qual a principal composição deles, dessa forma, vai facilitar na hora que você for comprar. Além disso, vou falar sobre a periodicidade adequada, o que vai te ajudar a montar o seu cronograma capilar!

Hidratação

A principal função da hidratação é repor a água na fibra capilar, deixando o cabelo macio, sedoso e com brilho. É indicada para cabelos opacos, ressecados e armados. É mais indicada ainda nos cabelos que apresentam um ressecamento leve, pontas com toque áspero ou são constantemente expostos a escovas e secadores. Os principais componentes desse tipo de tratamento são óleos vegetais, aloe vera, ceramidas, pantenol, extratos de frutas e flores, entre outros. A aplicação deve ser semanal ou a cada dez dias.

Nutrição

É realizada para repor lipídios, mix de umidade e gordura que envolve o fio naturalmente. O efeito é de brilho, força e vitalidade, pois trata a estrutura do cabelo, dando-lhe resistência. Em geral, é feita com máscaras, ampolas e cremes. É ideal para quem faz escovação e usa secador frequentemente, além de se submeter a procedimentos químicos que podem levar, inclusive, à quebra da fibra. Também é muito indicada para quem tem cabelos cacheados, pois as ondas impedem a oleosidade do couro cabeludo chegar até todo o comprimento. Os principais componentes são: óleo de argan, de coco, de abacate, macadâmia, amêndoas, entre outros, manteigas vegetais, como a de karité, e ceramidas. É indicado uma a duas vezes por semana, dependendo da necessidade.

Reconstrução

O objetivo é repor a massa capilar, através de proteínas, como a queratina, e aminoácidos, que se perdem em virtude de procedimentos químicos. Realizada com máscaras, ampolas e leave-in reconstrutores, fortalece e encorpa a fibra, deixando-a mais resistente. Indicado para cabelos danificados e ressecados, submetidos a técnicas como descoloração e alisamento. Como principais componentes destacam-se: queratina, creatina, arginina, cisteína, colágeno, aminoácidos e proteínas hidrolisadas da seda. Deve-se realizar a cada 15 ou 30 dias, pois queratina em excesso podre provocar rigidez e, consequentemente, a quebra dos fios.

Cronograma Capilar

Agora que você já sabe qual a finalidade desses tratamentos e como comprar cada um, vou deixar aqui um exemplo de cronograma capilar baseado nessa periodicidade citada.

É importante notar que cada tipo de cabelo vai precisar focar mais em um tratamento. Se você realiza muitos processos químicos (como descoloração, escova progressiva, etc.) é necessário focar mais na reconstrução, mantendo a periodicidade de 15 em 15 dias. Mas se esse não for o caso do seu cabelo, pode realizar a reconstrução uma vez ao mês.

Então, espero que vocês tenham gostado dessas dicas e fiquem de olho aqui no blog para as próximas postagens!

Fonte: Cronograma capilar: saiba indicar os tratamentos certos.

5 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *