Com Ciência

Estrutura capilar: Por que você deve conhecer

Conhecer a estrutura capilar é importante para saber como cuidar da melhor maneira do seu cabelo

Para entender as formulações, é importante conhecermos o local onde elas atuam não é mesmo?!

Como preparamos muitos posts relacionados à cabelos, então resolvi criar este, que fala sobre a fisiologia e composição do fio de cabelo. Mas é só porque eu amo entender os porquês, dessa forma queria dividir com vocês um pouco do que eu aprendi estudando para o blog.

Neste post vou falar um pouco de:

 

  • Composição
  • Estrutura
  • Ciclo

Composição

O cabelo humano é um filamento queratinizado que cresce a partir dos folículos, sua composição é principalmente a alfa-queratina, que é composta por cerca de 19 aminoácidos, sendo os principais : cisteína, serina, ácido glutâmico, reonina, glicina e arginina. Além disso, a queratina é uma proteína fibrosa, com alta resistência, elasticidade e impermeabilidade à água. As outras proteínas também presentes na fibra capilar são o colágeno, que é responsável pela forma do cabelo, e eventualmente confere elasticidade e resistência,. Finalizando, existe também a elastina, que junto ao colágeno são essenciais para manter os cabelos saudáveis.

Os outros componentes são: Carbono, Oxigênio, Nitrogênio, Hidrogênio e Enxofre. Além desses, o ferro, o zinco, o iodo e o alumínio, que também fazem parte da composição do cabelo.

Estrutura

estrutura capilar
Estrutura do fio de cabelo

A estrutura básica do fio é:

  • Cutícula
  • Córtex
  • Medula

A cutícula é o revestimento mais externo, suas células são extremamente pequenas e incolores. Cada célula contém uma camada lipídica que inclui o ácido 18-metil eicosanóico ( 18-MEA) e lipídeos livres. O 18-MEA é responsável pela hidrofobicidade ( controla a entrada de água ) do cabelo. Caso, eventualmente, ocorra sua remoção por uso de cosméticos alcalinos (principalmente), é consequente o dano do cabelo.

As células da cutícula são unidas por um material intercelular rico em lipídeos, e sobrepõem-se umas às outras como telhas. Logo, seu papel principal é proteger o Córtex. Certamente é a parte do cabelo mais sujeita aos ataques diários, assim a ação dos cosméticos dependem do seu estado.

O córtex é o corpo real do fio, sendo ele formado por células preenchidas por moléculas de queratina. Contudo, é a organização destas que dá ao fio propriedades marcantes.

Ele é composto também por melanina, proteína que da cor ao fio. Sendo, o meio intercelular composto por uma queratina flexível, e ainda é rico em lipídeos. Acima de tudo, é no córtex onde ocorrem as transformações químicas do cabelo, através de quebras ou formações de ligações químicas entre os aminoácidos.

A medula (região mais interna) é um eixo oco, no interior do cabelo, formado por fibras de queratina. Sua função ainda é desconhecida, mas provavelmente está ligada a termorregulação.

Ciclo de Crescimento

ciclo de crescimento
ciclo de crescimento capilar

 

 

As fases de crescimento do cabelo são:

  • Anágena
  • Catágena
  • Telógena

A fase anágena é a fase ativa de crescimento, durante a qual, a raiz do cabelo se divide rapidamente, e assim, aumentando a espessura do cabelo. Como resultado, desta fase o cabelo cresce aproximadamente 1 cm a cada 28 dias. Aproximadamente, cerca de 80% dos fios do couro cabeludo se encontram nessa fase, e ela tem duração de 2 a 7 anos (QUANTO MAIOR ESSA FASE MAIS FORTE E LONGO SERÁ O FIO); fatores genéticos, bem como fatores nutricionais e hormonais interferem no tempo de duração.

A fase catágena é um estágio de transição curto que ocorre no final da fase anágena. Portanto, sinaliza o fim do crescimento ativo de um cabelo. Nesta fase, a duração é cerca de 2 a 3 semanas.

A fase telógena é finalmente a fase de repouso do folículo piloso. É provável que, quando o corpo é submetido a um estresse extremo, cerca de 70% dos cabelos podem entrar prematuramente na fase telógena e consequentemente começarem a cair, causando uma perda notável de cabelo. Esta condição é chamada de eflúvio telógeno. Enfim, entre 50 e 100 cabelos são eliminados diariamente de um couro cabeludo normal.

Em Resumo

Concluindo, era isso que eu queria dizer. A partir dessas informações podemos falar sobre produtos de cabelos, já que sabemos qual é a composição e estrutura do cabelo. Como consequência, começamos a entender quais nutrientes o cabelo precisa. E uma vez que, conhecemos o ciclo de crescimento (Vou fazer uma série sobre o que descobri de crescimento capilar… fiquem por dentro, na categoria crescimento capilar) podemos avaliar se aquele cosmético funciona ou não para crescimento capilar, como também avaliar as quebras e quedas.

Referência

Ciclo de crescimento

9 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *