Parabenos: Fazem mal à Saúde. Mito ou Verdade?!

Recentemente, teve uma discussão entre blogueiras famosas sobre o uso de parabenos em cosméticos. O que levanta a questão. Afinal parabenos fazem mal a saúde?

A  blogueira que defende os parabenos, diz em sua página para pararem de odiar os parabenos porque esse ódio é resultado de pesquisas científicas mal interpretadas. Será mesmo?! Tenho uma amiga alérgica a parabenos que discordaria dela logo de cara. 

Como o Desformulando tem como foco investigar e esclarecer sobre o uso de cosméticos, decidi investigar e entrar nessa briga.

Mas afinal o que são Parabenos?!

Parabenos são compostos químicos, muito utilizados como conservantes, de cosméticos, produtos farmacêuticos e alimentos. São baratos e eficazes, principalmente por ter ação antimicrobiana (matam fungos e bactérias, assim, prologam o tempo de de vida dos produtos). Estes, são derivados de uma substância química conhecida como ácido para-hidroxibenzóico (PHBA) que ocorre naturalmente em muitas frutas e vegetais, como mirtilos e cenouras.

Os parabenos sintéticos são idênticos aos naturais.Sendo os tipos mais comuns de parabenos: metilparabeno, etilparabeno, propilparabeno, butilparabeno, isopropilparabeno e isobutilparabeno.

Então o que muda, já que o parabeno industrializado é idêntico ao encontrado na natureza?!

Como gosto de falar: “ A evolução é algo que demora muito tempo, e o corpo humano não é capaz de acompanhar as mudanças da nossa sociedade”. O que quero dizer com isso? Bom, o estilo de vida nas cavernas era bem diferente do nosso hoje. E nosso corpo não está preparado, ainda, para as mudanças pós revolução industrial. Então sofremos com essas mudanças de hábitos. Como consequência, o aumento de doenças auto-imunes, alergias, obesidade, doenças cardiovasculares, cânceres entre outros.

O que muda é a quantidade, quase todos os produtos tem parabenos. Então a sua exposição é extremamente maior na atualidade.

Mas, afinal, faz mal?!

A polêmica começou em 1998 quando o Routledge et al. descobriram atividade estrogênica nos parabenos. Isso é, eles podem agir como hormônios sexuais femininos. A exposição excessiva aos estrogênios está associado ao desenvolvimento de câncer de mama. 

Em 2004 o grupo Darbre, publicou, que foram encontrados diferentes tipos de parabenos em cânceres de mama. Em 2014, o mesmo grupo, afirmou, que múltiplos parabenos utilizados juntos, poderiam acelerar o crescimento de células cancerígenas mamárias, aumentando a capacidade invasiva e migratória das células, in vitro ( células cultivadas fora do corpo).

Acontece que esses estudos apresentaram muitos vieses, assim colocando eles sobre muitas críticas. Por exemplo, eles utilizaram uma quantidade muito maior do que são utilizadas pelos industrializados.


Mas o que sabemos hoje?! 2019

Pesquisei muito e achei vários artigos então selecionei um artigo de revisão publicado pela revista Science, nesse ano. 

artigo componentes toxicos dos cosmeticos

An insight into toxicity and human-health-related adverse consequences of cosmeceuticals — A review

Ele fala sobre os componentes químicos utilizados nos cosméticos e suas consequência. Entre eles os Parabenos
O artigo cita que, recentemente um grande números de pesquisas preveem os efeitos biológicos a longo prazo do uso dos parabenos. De forma bem resumida estão eles:

  • A associação na saúde reprodutiva masculina, uma vez que foi identificado danos ao DNA dos espermatozóides.
  • Efeito estrogênico e a associação com o câncer de mama. 
  • Desregulação hormonal, uma vez que foi descrito que parabenos atuam como competidores hormonais.
  • Efeito genotóxico (causa alterações no material genético, causando cânceres e problemas genéticos) nas células do sistema imunológico, proporcionando doenças auto-imunes e alergias.
  • A exposição a UV-B, o metilparabeno mostrou potencial para acelerar o envelhecimento celular. Aumentando o estresse oxidativo.

Conclusão

Em ciência, não existe verdade absoluta. E não existe mal nem um em questionar, é isso que move o conhecimento. 

Contudo, sobre o uso de parabenos, a questão maior é que ele é onipresente, em quase tudo que usamos. Assim, a quantidade é muito maior que o nosso corpo está preparado para receber, a longo prazo pode sim trazer consequências. Devemos sim incentivar as indústrias a diminuir o uso de parabenos em seus produtos uma vez que já foi bem descrito, os efeitos no nosso corpo. E não acredito que sejam somente artigos científicos mal interpretados.

28 thoughts on “Parabenos: Fazem mal à Saúde. Mito ou Verdade?!

  1. Sempre leio resenhas de cosméticos de cabelos falando que o produto é livre de parabenos, agora lendo hoje no seu artigo vejo que trás consequências para a nossa saúde, temos que evitar o máximo, vai ser um pouco difícil evitar já que está nos produtos que usamos, muito bom as suas informações, bjs.

  2. Oi
    Acredito que tudo usado em excesso faz mal, então usando parabenos em dosagens pequena creio que não fará mal…

  3. Nossa que post maravilhoso, eu não sabia disso, só não uso produtos com parabenos pelo mal ao meu cabelo, que bom que hoje não uso como antes.

  4. Tenho que me atentar mais nisso, a Karem bacni (não sei como se escreve), ela tem um canal que fala sobre essas “formulas” de produtos.

    1. Olá , tudo bem ?
      Lendo seu post percebi quanto desinformada estou, não sabia nada sobre a composição . Obrigada por compartilhar algo tão importante .

  5. Já tinha ouvido falar sobre, mas nunca parei pra pesquisar mais a fundo sobre. A indústria foi benéfica pra muitas coisas e ruins pra outras. Eu mesma adquiri alergia a glúten por excesso no consumo.
    Gostei muito do seu post, muito esclarecedor. Gratidão por compartilhar. Bjos

  6. Adorei conhecer seu post que trata de uma maneira mais aprofundada sobre esse assunto de parabenos. Obrigada pelo informação contida aqui.bjs

  7. Muito bom seu post, bem explicado e com tudo que absorvi do texto concordo que as industrias devem sim diminuir o uso de parabenos dos produtos que consumimos. Se em excesso faz mal, devem ter consciência em diminuir sim. Parabéns pelo post

  8. Olá!
    Não conhecia esse composto químico, é uma assunto muito sério e importante de se ter conhecimento. Seu post está ótimo, bem esclarecido, gostei de saber sobre!

    beijos!

  9. Também tenho uma amiga que descobriu alergia aos parabenos. Infelizmente a ciência cria e descria vilões ao longo do tempo. Por enquanto ele pode ser vilão e mais para frente vamos descobrir vantagens.

  10. Em conversa recente com o diretor de uma multinacional, falamos sobre os parabenos e ele me mostrou que diferentes tipos de cabelos, necessitam do produto, como os cacheados por exemplo, pois auxiliam na fibra e definição. Eu fiquei meio assustada porque sempre li o contrário. Mas realmente, não há verdade absoluta.

  11. Olá, tudo bem Marcia?

    Confesso que não sabia da existência desse produto e sua utilidade, o bom é que a ciência e pesquisas podem ser utilizadas para desfazer mitos ou falsas ideias que são propagadas aos quatro ventos. Adorei a publicação!
    Abraço!

  12. Melhor postagem que já sobre isso! Eu sempre ouvia falar que fazia mal e mesmo não entendendo o motivo tentava usar shampoo sem parabenos. Agora que li o post ficou muito mais claro e caramba esse negócio faz muito mal.

    Prazer, Jéssica

  13. Ótimo assunto, é muito importante para aumentar a conscientização. Eu já fiz um post falando sobre os parabenos que são um grupo de ingredientes conservantes utilizados em cosméticos,e as consequências.

  14. Adorei a proposta do post – e do blog de um modo geral, né? Não sei quem é a blogueira que defendeu os parabenos tão avidamente assim, mas eu sinto que tá rolando uma inversão de valores muito forte das pessoas de um modo geral em relação à ciência. A TODAS as ciências! os achismos estão se tornando muito superiores a pesquisas científicas quando essas visam trazer melhorias que tiram uns e outros da zona de conforto… Isso é tão perigoso! Desvaloriza a pesquisa de um modo geral e faz as pessoas usarem certos componentes de forma indiscriminada, como é o caso… Se dá pra evitar, procurar e aprofundar no assunto pra que se arriscar, né? Só pra não “sair da caixinha”. Ai, ai…

  15. Oi, tudo bem? Que post mais interessante. Confesso que não tinha ideia dessa discussão sobre ser bom ou não para a saúde. O importante em qualquer situação é sempre pesquisar e ver fontes seguras e que comprovem benefícios ou malefícios. Obrigada pela explanação. Um abraço, Érika =^.^=

  16. Olá! Tudo bem? 🙂 Então, é justamente por essa desconfiança que carregamos, que evito ao máximo comprar cosméticos que realmente não necessito. Por exemplo, ao invés de comprar um creme para esfoliar o rosto, preparo minha receita caseirinha com borra de café, mel, etc. Muitas vezes compramos algo achando que vai fazer tri bem para nossa pele e saúde, mas não fazemos noção do que tem dentro dos frasquinhos hahaha

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: